-Publicidade-

Alberto Fernández enxerga ‘lado bom’ no coronavírus

Presidente da Argentina afirma que o país está melhor com o patógeno que com Maurício Macri
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER | O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

Presidente da Argentina afirma que o país está melhor com o patógeno que com Maurício Macri

alberto fernández
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, atacou neste domingo, 23, seu antecessor ao divulgar dados que apontam para uma possível recuperação da indústria nacional. “A Argentina se saiu melhor com o coronavírus do que com o governo de Mauricio Macri”, afirmou em entrevista coletiva. Segundo o peronista, o cenário aparentemente positivo se deu em razão das medidas de isolamento social que ele adotou no país. Contudo, reconheceu que são altas as chances de a pobreza ter aumentado desde março deste ano.

Leia também: “Ainda bem que a natureza criou esse monstro”, afirma Lula sobre o vírus chinês

Para “recuperar a economia”, Fernández anunciou na sexta-feira 21 o congelamento de preços de serviços de telefonia, internet e televisão por assinatura. Entre outras iniciativas de seu governo, tentou estatizar a quarta maior exportadora de grãos de soja do país, a Vicentín, mas desistiu depois da pressão popular. Além disso, em julho deste ano, empresários do setor automotivo deram adeus ao país para investir no Brasil. Na segunda-feira 17, milhares de argentinos saíram às ruas contra o isolamento social.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Uma maneira alternativa de se falar no caos, este que ultimamente ñ vem dando ibope principalmente em OESTE.
    Dia de finados certamente conseguirão trancar o vírus daqui. Foram rasgados os receituários profilatico das instituições aparelhadas ditas oficiais.

  2. Um vigarista igual ao Lula, q agradeceu a natureza o aparecimento do vírus. Até nisso o vagabundo cachaceiro mentiu, o vírus foi criado pela ditadura chinesa.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês