Alemanha permite brasileiros vacinados no país, mas barra imunizados com a CoronaVac

Imunizante chinês tem eficácia de 50,3% no enfrentamento ao coronavírus
-Publicidade-
A 'Anvisa da Alemanha' ainda não emitiu parecer sobre as vacinas chinesas
A 'Anvisa da Alemanha' ainda não emitiu parecer sobre as vacinas chinesas | Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

O governo da Alemanha mudou a classificação do Brasil na sua tabela da covid nesta segunda-feira, 23: antes entre os países identificados como zona com variantes do vírus, passou a ser zona de alto risco.

Dessa forma, o país está aberto para brasileiros vacinados completamente, com imunizantes aprovados pelo Paul-Ehrlich-Institut, equivalente à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Contudo, a CoronaVac não está no cardápio de vacinas permitidas, assim como ocorre na França e no Canadá. A Alemanha, no entanto, informou que deve ampliar o escopo dos imunizantes.

-Publicidade-

A “Anvisa da Alemanha” ainda não emitiu parecer sobre as vacinas chinesas, o que poderá retardar a entrada de brasileiros no país. O imunizante tem 50,3% de eficácia contra a covid-19.

Leia também: “Precisamos falar sobre a CoronaVac”, reportagem publicada na Edição 67 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro