Argentina não descarta decretar estado de sítio

A ministra da Segurança da Argentina,Sabina Frederic, afirmou que o governo não descarta decretar estado de sítio para garantir o cumprimento da quarentena em razão da pandemia do coronavírus.
-Publicidade-
Casa Rosada, a sede do governo da Argentina | Foto: GINO LUCAS/WIKIMEDIA
Casa Rosada, a sede do governo da Argentina | Foto: GINO LUCAS/WIKIMEDIA

Medida pode ser declarada para garantir o funcionamento da quarentena do país, segundo a ministra da Segurança, Sabina Frederic

Casa Rosada, a sede do governo da Argentina
Foto: Gino Lucas Turra/Wikimedia
-Publicidade-

A ministra da Segurança da Argentina,Sabina Frederic, afirmou que o governo não descarta decretar estado de sítio para garantir que todos cumpram a quarentena em razão da pandemia do coronavírus. A medida começou a valer ontem, sexta-feira, 20, e estará em vigor até o dia 31 de março.

De acordo com o La Nacion, como a quarentena está sendo respeitada no momento, o governo espera que a medida não seja necessária. Segundo Sabina, é necessário que os argentinos deixem o individualismo de lado e que todos devem colaborar para que essa situação se resolva da maneira mais rápida possível.

A ministra afirma que o presidente do país, Alberto Fernández, pediu para ser “inflexível e severa” no cumprimento da medida e que 200 pessoas já foram presas por descumprir a quarentena.

Ontem, sexta-feira, 20, o governo brasileiro afirmou que não cogita decretar um estado de sítio.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site