Armas e equipamentos dos EUA ficaram sob domínio do Talibã

'Obviamente, não parece que eles vão nos devolver voluntariamente', disse assessor de Segurança Nacional do presidente dos EUA
-Publicidade-
Norte-americanos não sabem para onde foi material de defesa do Exército | Foto Divulgação/Maydonoz Org
Norte-americanos não sabem para onde foi material de defesa do Exército | Foto Divulgação/Maydonoz Org

Os Estados Unidos (EUA) admitiram nesta terça-feira, 17, que muitos equipamentos de defesa e armas usados nas duas décadas de atuação no Afeganistão caíram nas mãos do grupo terrorista Talibã, quando eles invadiram o país. A nação reconheceu que dificilmente o material será recuperado.

Leia mais: “Voos militares são retomados em Cabul e levam diplomatas e estrangeiros”

“Não temos uma noção completa para onde foi cada material de defesa, mas, certamente, uma quantidade importante caiu nas mãos dos talibãs. E, obviamente, não parece que eles vão nos devolver voluntariamente”, reconheceu Jake Sullivan, assessor de Segurança Nacional do presidente dos EUA, Joe Biden.

-Publicidade-

Leia também: “Em nota, Itamaraty lamenta violações dos direitos humanos no Afeganistão”

Na segunda-feira 16, mesmo após críticas, o presidente norte-americano defendeu a retirada de suas tropas e criticou a suposta falta de reação das forças oficiais afegãs diante da ofensiva dos talibãs.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro