Voos militares são retomados em Cabul e levam diplomatas e estrangeiros

Pelo menos 12 aeronaves militares já decolaram do local nas últimas horas
-Publicidade-
Aviões militares estão decolando normalmente do aeroporto de Cabul, no Afeganistão
Aviões militares estão decolando normalmente do aeroporto de Cabul, no Afeganistão | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os voos militares foram retomados no aeroporto de Cabul, no Afeganistão, nesta terça-feira, 17, informam as agências internacionais. Ontem, como Oeste noticiou, o local foi palco de um verdadeiro caos, com centenas de pessoas tentando fugir do país depois de o Talibã ter tomado a capital no fim de semana e reassumido o governo local.

Os voos civis ainda não foram retomados. Tropas dos Estados Unidos e de outros países tomaram o controle do aeroporto Hamid Karzai e liberaram apenas os voos militares destinados à retirada de diplomatas e civis do Afeganistão.

Leia mais: “Controle do Talibã no Afeganistão ameaça a liberdade das mulheres”

-Publicidade-

Segundo a agência Reuters, pelo menos 12 voos militares já decolaram do local nas últimas horas. Uma aeronave da Força Aérea da Índia levou mais de 170 pessoas, entre as quais o embaixador do país no Afeganistão. A embaixada da França também confirmou que cidadãos franceses deixaram Cabul em um avião militar.

Leia também: “Em nota, Itamaraty lamenta violações dos direitos humanos no Afeganistão”

De acordo com o ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, a situação “está se estabilizando” graças aos esforços de “evacuação”.

Com informações da Reuters e agências internacionais

Leia também: “Otan se manifesta contra violações de direitos humanos no Afeganistão”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro