Atualizações: coronavírus na Europa

Na Itália, o número de mortes já passa de mil. Em Roma, a polícia está intensificando a verificação de pedestres, pedindo que eles justifiquem porque estão fora de casa.
-Publicidade-

Na Itália, o número de mortos já passou de mil

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta quinta-feira, 12, o fechamento de escolas e universidades por tempo indeterminado a partir de segunda-feira.

-Publicidade-

A Bélgica decidiu fechar escolas e restaurantes para tentar combater o surto.

Na Itália, o número de mortes já passa de mil. Em Roma, a polícia está intensificando a verificação de pedestres, pedindo que eles justifiquem porque estão fora de casa.

Na Espanha, a ministra da Igualdade, Irene Montero, foi diagnosticada com o coronavírus nesta quinta-feira. Todos os ministros do governo e membros da família real espanhola foram submetidos a testes para a doença.

Desde o início da semana, o transporte público de Madri está sendo desinfetado diariamente.

No Reino Unido, o primeiro-ministro Boris Johnson rebateu críticas de que o governo não está fazendo o suficiente para impedir a disseminação do coronavírus.

Segundo Johnson, se medidas mais drásticas forem adotadas cedo demais, elas podem “causar mais mal do que bem”.

A Noruega também fechou escolas e cancelou eventos esportivos. O governo classificou as medidas como as mais duras que o país já viu em tempos de paz.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.