Biden altera nome da conta do embaixador dos EUA em Israel no Twitter

Com inclusão de Cisjordânia e Gaza no perfil, novo presidente norte-americano sinaliza mudança radical na política externa do país
-Publicidade-
Joe Biden adota política diferente da seguida pelo ex-presidente Donald Trump
Joe Biden adota política diferente da seguida pelo ex-presidente Donald Trump | Foto: Reprodução/Flickr

O governo de Joe Biden nos Estados Unidos começa a sinalizar mudanças em relação à política externa do país.

Nesta quarta-feira, 20, a nova administração norte-americana alterou a descrição da conta do embaixador dos EUA em Israel no Twitter para “embaixador dos EUA em Israel, Cisjordânia e Gaza”, evidenciando um rompimento com as políticas do governo Trump relacionadas ao conflito desses povos no Oriente Médio.

-Publicidade-

Embaixada Israel

Há décadas os EUA se recusam a tomar uma posição política sobre os territórios de Cisjordânia e Gaza, mantendo a opinião de que israelenses e palestinos devem decidir em negociações como os territórios serão divididos.

Ao incluir os nomes de Gaza e Cisjordânia na pasta do embaixador, o governo Biden determina que nenhuma das regiões faz parte de Israel — uma medida que certamente irritará os líderes israelenses.

A decisão do presidente norte-americano também assinala que o próximo embaixador do país na região terá novas atribuições, como a de estabelecer relações diplomáticas com líderes palestinos, inclusive os da Faixa de Gaza, onde o grupo terrorista Hamas mantém o controle.

Leia também: “Sem Trump no comando, EUA voltam à OMS e ao Acordo de Paris”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.