Biden reverte política migratória de Trump

Presidente dos Estados Unidos põe fim às restrições a viagens de países predominantemente muçulmanos e suspende muro de antecessor
-Publicidade-
De esquerda, governo do México celebrou a medida
De esquerda, governo do México celebrou a medida | Foto: Divulgação/CNN

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deu início ao desmonte da política migratória do antecessor Donald Trump. Na quarta-feira 20, o democrata pôs fim às restrições a viagens e imigração de países predominantemente muçulmanos. A medida orienta o Departamento de Estado a retomar o processamento de vistos para esses países. Também caberá ao órgão federal desenvolver um plano de modo a atender os que tiveram entrada negada nos EUA. Na semana passada, Oeste noticiou que o novo governo deve suspender a entrada de brasileiros nos EUA. Além disso, Biden suspendeu a construção do muro na fronteira do país norte-americano com o México. A obra foi iniciada na gestão Trump, com a finalidade de impedir a entrada de pessoas ilegais, e era financiada pelo governo estrangeiro através de sanções.

De esquerda, o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, celebrou no Twitter a atitude de Biden: “O México saúda o fim da construção do muro. Como escreveu o presidente López Obrador há alguns anos, ao agora presidente Joe Biden, as pontes abrem caminho para a cooperação e o entendimento”. O México é o país que mais envia emigrantes para os Estados Unidos: cerca de 26% dos imigrantes que vivem nos EUA vieram do país vizinho. São pelo menos 12 milhões de pessoas nascidas em solo mexicano e que escolheram os EUA como novo lar. No entanto, 5,4 milhões desses imigrantes estão em solo norte-americano de forma irregular. Hoje, os mexicanos representam 51% da população de imigrantes ilegais dos EUA, conforme o mais recente estudo do assunto publicado pelo Pew Research Center.

Leia também: “Os globalistas assanhados com Biden”, artigo de Rodrigo Constantino publicado na edição 43 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Imaginem se nossas casas não tivessem muros, portões ou cercas e as portas estivessem sempre abertas para qualquer um entrar. Eu escolho quem eu quero dentro da minha casa e quem eu não quero. Sem limites os mal-intencionados fazem a festa.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site