Bomba da 2ª Guerra Mundial explode na Alemanha

Artefato detonou durante obras nas imediações da estação central e deixou três feridos
-Publicidade-
A bomba explodiu em um local onde são realizadas obras da companhia ferroviária
A bomba explodiu em um local onde são realizadas obras da companhia ferroviária | Foto: Reprodução/DW

Uma bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu nas imediações da estação central de trem de Munique, no sul da Alemanha, nesta quarta-feira, 1º. Segundo a polícia, três pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave.

A bomba explodiu em um local onde obras da companhia ferroviária Deutsche Bahn eram realizadas. Durante perfurações, a bomba aérea, de 250 quilos, foi atingida, informou o ministro do Interior alemão, Joachim Hermann, que esteve no local.

-Publicidade-

De acordo com as autoridades, ouviu-se um forte estrondo, seguido de uma coluna de fumaça. Várias viaturas dos bombeiros, dois helicópteros e dezenas de socorristas foram deslocados para o local da explosão. A circulação de trens na região foi suspensa.

Ainda não está claro por que a bomba não foi descoberta antes. Mesmo após 76 anos do fim do conflito, ainda é muito comum encontrar munições não detonadas em solo alemão.

Todos os anos, peritos desarmam cerca de 5 mil bombas, além de toneladas de outras munições.

Durante os trabalhos de construção no centro de Munique, as autoridades costumam fazer análises precisas e regulares para descobrir onde bombas não detonadas podem estar localizadas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Impressionante!

    – 76 anos depois do fim da guerra, a carga explosiva ainda estava ativa.
    – … a guerra ainda produz vítimas.
    – … ainda são desarmadas cerca de 5 mil bombas por anos. Se essa média vem desde 1945, isso corresponde a 380 mil bombas remanescentes. Provavelmente, a maioria é de depósitos de munições, ou seja, um risco controlado. Mesmo assim, não é pouca coisa.

    Para quem não viveu na Europa daqueles dias, isso dá uma ideia da brutalidade que foi a 2aGM. As grandes cidades alemãs foram ao chão, sob os bombardeios aéreos dos Aliados. Imagens próximas das de Hiroshima após o ataque nuclear.

    Uma ideia do que era Berlim na chegada do Aliados está apresentada no filme “A Queda”, sobre os últimos dias de Hitler. Um filme essencial sobre o fenômeno nazista e a 2aGM.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.