Bruce Lee pode ter morrido por beber muita água

Estudo publicado na revista Clinical Kidney Journal contesta que analgésico ingerido pelo ator provocou edema cerebral
-Publicidade-
Bruce Lee | Foto: Reprodução/Redes sociais
Bruce Lee | Foto: Reprodução/Redes sociais

A causa da morte do artista das artes marciais Bruce Lee foi motivo de pesquisa para cientistas da Espanha. O estudo, publicado recentemente na revista científica Clinical Kidney Journal, propôs que a morte do ator foi causada por sua “incapacidade renal de excretar o excesso de água”.

Foi em 20 de julho de 1973 que a notícia da morte Lee foi anunciada. No auge da carreira, o ator de 32 anos havia supostamente falecido por um edema cerebral, ou seja, um acúmulo de líquido no tecido do cérebro. A justificativa levantada na época para explicar o inchaço era o uso do analgésico Equagesic, ingerido pelo artista antes de falecer.

No entanto, a versão dos cientistas para explicar a origem do edema sugere que o inchaço cerebral foi causado por hiponatremia, condição do corpo humano quando o organismo acaba retendo muita água. Com isso, o nível de sódio no sangue fica abaixo do essencial para a sobrevivência.

-Publicidade-

“Em outras palavras, propomos que a incapacidade do rim de excretar o excesso de água matou Bruce Lee”, afirmaram os pesquisadores. A equipe acrescentou ainda que o ator possuía “múltiplos fatores de risco para hiponatremia”, como a dieta à base de sucos e bebidas proteicas, além do uso de maconha, substância que induz ao aumento da sede.

“Em resumo, Lee tinha múltiplos fatores de risco que predispunham à hiponatremia resultante da interferência nos mecanismos de homeostase da água que regulam tanto a ingestão quanto a excreção de água”, defenderam os cientistas. “Ironicamente, ele tornou famosa a frase ‘Seja água, meu amigo’, mas o excesso de água parece tê-lo matado.”

Quem foi Bruce Lee

Além de se consagrar na indústria cinematográfica como ator e mestre em artes marciais, Bruce Lee era ainda diretor, roteirista e filósofo. Conhecido por popularizar durante a década de 1970 os filmes orientais para o mundo, o artista falava inglês, mandarim, cantonês e japonês fluentemente.

Dentre os longas-metragens de maior sucesso, os filmes O Dragão Chinês (1971), A Fúria do Dragão (1972) e O Voo do Dragão (1972) marcaram a carreira de Lee em Hollywood.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. “Ironicamente, ele tornou famosa a frase ‘Seja água, meu amigo’, mas o excesso de água parece tê-lo matado.”
    Lamentável essa ironia, não há nada de engraçado na morte de um grande gênio marcial e filósofo como Bruce Lee, que inspira muitas pessoas até hoje.

  2. Reportagem tendenciosa e mais ridícula que já li sobre Bruce Lee. Ele não usava drogas, n bebia álcool por causa do Kung Fu, era um atleta. O edema cerebral foi constatado no óbito mas até hoje não é explicada muitas coisas.

  3. Até existe base fisiológica, mas as explicações não “casam” pois sucos e bebidas protéicas contém sódio. A intoxicação hídrica demanda a ingestão extremamente elevada de água apenas e a restrição também severa na ingestão de sódio. Ou seja: a teoria é legal, mas pouco provável na prática.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.