Revista Oeste - Eleições 2022

Canadá apresenta lei para fazer Meta e Google pagarem por notícias

Projeto pretende que grupos de tecnologia remunerem produtores de conteúdo. Inspiração vem de iniciativa em vigor na Austrália
-Publicidade-
Canadá deve adotar legislação que obriga grupos de tecnologia a pagarem por conteúdo
Canadá deve adotar legislação que obriga grupos de tecnologia a pagarem por conteúdo | Foto: Divulgação

O governo do Canadá apresentou na última terça-feira, 5, um projeto que vai exigir que empresas de tecnologia paguem para exibir notícias. A lei, que ainda passará por aprovação do Congresso local, deve afetar grupos como Meta e Alphabet, controladores do Facebook e do Google, respectivamente.

A ideia é que produtores e veículos de notícias passem a receber quando seu conteúdo for compartilhado por grupos de tecnologia. O projeto de lei do Canadá é inspirado em iniciativa que entrou em vigor na Austrália no ano passado, que atualmente também serve como base para discussões semelhantes na União Europeia.

No Canadá, a diferença para a lei australiana deve ser a aprovação de uma instituição independente para definir quais valores os produtores de conteúdo devem receber. Na Austrália, essa moderação passa por órgão ligado ao governo.

-Publicidade-

Agora o projeto passará pela aprovação do Parlamento canadense. Apesar de o primeiro-ministro, Justin Trudeau, não contar com maioria atualmente na Casa, a expectativa do governo é que a lei seja endossada. Isso porque o principal grupo de oposição, o Novo Partido Democrático (NDP, em inglês), vem pressionando as big techs estrangeiras há alguns anos pelo uso de notícias no país.

“O setor de notícias no Canadá está em crise”, afirmou Pablo Rodriguez, ministro de Patrimônio canadense, em entrevista coletiva. “Isso contribui para o aumento da desconfiança pública e o aumento da desinformação, prejudicial em nossa sociedade.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Quantas filiais da globo que os politicanalhas são donos? Família sarney, color, aécio…
    A globo de vez em quando faz alguma reportagem do Romário deve ser pagamento para não fazer a CPI do futebol andar. O Romário é o relator da CPI do futebol.
    Os acionistas, donos de filiais e politicanalhas estão salivando pela perda de influência.
    Tem que ficar atento se é somente para pagar os criadores de conteúdo mesmo!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.