Canadá autoriza vacina de Pfizer ou Moderna para quem tomou 1ª dose da AstraZeneca

Estados do país podem ou não acatar recomendação das autoridades sanitárias canadenses
-Publicidade-
Vacina da AstraZeneca poderá ser combinada a imunizantes de Pfizer ou Moderna no Canadá
Vacina da AstraZeneca poderá ser combinada a imunizantes de Pfizer ou Moderna no Canadá | Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

O Comitê Consultivo Nacional de Imunização do Canadá (NACI, na sigla em inglês) autorizou na terça-feira 1º uma combinação de vacinas contra a covid-19 entre os imunizantes produzidos por AstraZeneca, Pfizer e Moderna. Quem tomou a primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca pode ser vacinado com a segunda dose da Pfizer ou da Moderna.

Em caráter consultivo, a medida foi proposta pelas autoridades sanitárias do país e pode ou não ser adotada pelas províncias (Estados) canadenses. Segundo o órgão, outros países já vêm adotando a medida, entre os quais Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Noruega, Espanha e Suécia.

-Publicidade-

Leia mais: “Bolsonaro assina transferência de tecnologia da AstraZeneca e elogia Pazuello e Araújo”

Já para os canadenses que tomaram a primeira dose da vacina da Pfizer ou da Moderna, a recomendação é a de que eles podem ser imunizados com a segunda dose de qualquer uma das duas empresas farmacêuticas norte-americanas, que utilizam a tecnologia do chamado RNA mensageiro em suas vacinas contra a covid-19.

“É uma boa notícia o fato de que agora as pessoas têm maior possibilidade de escolha”, afirmou Theresa Tam, principal autoridade de saúde pública do Canadá. Segundo ela, a decisão foi motivada por casos isolados de surgimento de coágulos sanguíneos raros e potencialmente fatais ligados à vacina da AstraZeneca.

“Se não fosse por isso, provavelmente continuaríamos dando a mesma vacina como uma segunda dose”, explicou. Tam ressaltou, no entanto, que se trata apenas de “precaução” e reiterou que a vacina da AstraZeneca é “segura” e o risco de contrair trombose é menor do que o de ser infectado pelo novo coronavírus.

Leia também: “União Europeia exige indenização bilionária em caso de atraso da AstraZeneca”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site