Canadá propõe vetar venda de imóveis a estrangeiros por dois anos

Medida do governo de Justin Trudeau tem a intenção de conter a crise local de oferta habitacional
-Publicidade-
Primeiro-ministro Justin Trudeau enfrenta pressão para amenizar crise de oferta imobiliária
Primeiro-ministro Justin Trudeau enfrenta pressão para amenizar crise de oferta imobiliária | Foto: Reprodução/Flickr

O governo do Canadá apresentou na última quinta-feira, 7, um projeto inusitado para tentar conter a crise imobiliária no país. Segundo o anúncio, os estrangeiros não vão poder comprar imóveis por dois anos em território canadense. A medida ainda precisa de aprovação do Parlamento local.

A proposta sobre estrangeiros acontece em um momento em que o Canadá enfrenta um dos piores problemas de acessibilidade habitacional do mundo. Os preços dos imóveis aumentaram mais de 20% somente em 2021, elevando junto as taxas de aluguel. Nos últimos dois anos, a elevação passou do patamar de 50%.

A prioridade ao problema de acesso residencial no Canadá foi uma das bandeiras da campanha eleitoral do primeiro-ministro, Justin Trudeau, no ano passado.

-Publicidade-

“Para garantir que a habitação seja de propriedade de canadenses em vez de investidores estrangeiros, o Orçamento 2022 anuncia a intenção do governo de propor restrições que proibiriam empresas comerciais estrangeiras e pessoas que não são cidadãos canadenses ou residentes permanentes de adquirir propriedades residenciais no Canadá por um período de dois anos”, informou o projeto.

A expectativa é que o governo canadense também anuncie nos próximos dias uma injeção financeira para a construção, de modo a tentar estimular uma recuperação do setor.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.