Chanceler de Biden sabia do rápido avanço do Talibã no Afeganistão

É o que afirmam diplomatas em Cabul, capital do país asiático
-Publicidade-
Biden recebeu críticas por ações descoordenadas no Afeganistão
Biden recebeu críticas por ações descoordenadas no Afeganistão | Foto: Christopher Hubenthal/U.S.Air Force/Flickr

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, tinha conhecimento de que o Talibã derrubaria rapidamente o governo do Afeganistão. É o que garantem diplomatas norte-americanos que atuam na capital do país asiático, Cabul, informou o jornal New York Post, na quinta-feira 19. Os relatórios chegaram ao chanceler no mês passado, contrariando falas do presidente Joe Biden segundo as quais os acontecimentos haviam surpreendido os Estados Unidos.

Na papelada, os autores pediram que a Casa Branca iniciasse, já em 1° de agosto, a evacuação de afegãos vulneráveis, visto que radicais estavam conquistando cidades nas adjacências de Cabul. Apesar do aviso, militares começaram a retirada de pessoas apenas no início desta semana, e de forma desordenada. Vídeos que circulam na internet mostram o desespero da população em um aeroporto da capital, ainda sob o controle dos EUA.

Os documentos que chegaram às mãos de Blinken advertindo sobre a situação caótica não são os primeiros. A Revista Oeste noticiou que um memorando da Inteligência dos EUA alertou Biden, em junho, acerca do avanço rápido dos extremistas. O democrata, porém, deu declarações públicas naquele mês assegurando que o Afeganistão não cairia. Apesar de manter a retirada de tropas dos EUA, o presidente não negociou contrapartidas com os terroristas.

-Publicidade-

Leia também: “A fraqueza explícita diante dos adversários”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 55 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro