Com aglomeração e sem máscara, Wuhan tem festival de música eletrônica

Na cidade onde ocorreram os primeiros registros da pandemia por covid-19
-Publicidade-
Público no Strawberry Music Festival, em Whuanna China
Público no Strawberry Music Festival, em Whuanna China | Reprodução/Redes Sociais

Cerca de 11 mil espectadores participaram do dia de abertura do Strawberry Music Festival no sábado, 1º de maio, na China, em Whuan — cidade onde ocorreram os registros iniciais de contaminações humanas pelo coronavírus Sars-CoV-2, o causador da covid-19. O uso de máscaras não foi obrigatório e não houve distanciamento social entre os participantes.

Em agosto de 2020, uma festa rave já havia sido promovida em um parque aquático de Whuan. Na ocasião o público também estava aglomerado e o uso de máscaras não foi imposto. No primeiro mês de 2021, o governo do local deu início a uma campanha publicitária para incentivar o turismo na cidade.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. O escárnio continua. Cadê a glorioso Frente Parlamentar Brasil-China para exigir um mínimo de compostura de nossos algozes? É só uma pergunta retórica, claro.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.