Comitê de Hong Kong vai censurar filmes contrários aos interesses da China

No ano passado, a China impôs nova lei de segurança à população da ex-colônia britânica
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Mídias Sociais
Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A partir desta sexta-feira, 11, o comitê de censura de Hong Kong pode proibir qualquer filme que seja considerado ofensivo à segurança nacional. A medida foi autorizada em meio à redução dos direitos democráticos na ex-colônia britânica. No ano passado, a China impôs uma nova lei de segurança à população do território semiautônomo.

“Quando analisar o filme em seu conjunto e seu impacto nos espectadores, o censor deve levar em conta sua obrigação de prevenir e impedir qualquer ato, ou atividade, que possa constituir ameaça para a segurança nacional”, afirma a nova diretriz. A regra determina a obrigação de “salvaguardar a soberania, a unificação e a integridade territorial da República Popular da China”.

-Publicidade-
Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site