Coreia do Norte vai ampliar arsenal nuclear

O ditador Kim Jong-un afirmou que as 'forças nucleares' podem ser usadas caso haja intromissão nos interesses do país
-Publicidade-
O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un
O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un | Foto: Reprodução/Flickr

O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse na segunda-feira 25 que vai acelerar o desenvolvimento do arsenal nuclear do país.

A declaração, segundo a agência estatal de notícias KCNA, foi feita durante um desfile militar em que foram exibidos mísseis balísticos intercontinentais e outras armas.

O desfile fez parte das comemorações do 90º aniversário de fundação das Forças Armadas da Coreia do Norte. Kim declarou que “a fundação do Exército Revolucionário do Povo Coreano foi um evento de importância nacional que declarou uma resistência que desafia a morte contra o imperialismo”.

-Publicidade-

O ditador norte-coreano falou ver uma “tendência global de desenvolvimento militar” e de mudança rápida no “estilo de guerra”. Por isso, disse ser preciso modernizar o Exército “em um ritmo mais rápido em termos de tecnologia militar”.

Segundo Kim Jong-un, “a força nuclear do país deve estar pronta para exercer sua missão responsável e dissuasão única a qualquer momento”. Ele acrescentou que a principal função das “forças nucleares é impedir uma guerra”, mas que elas não podem ser confinadas a esse único objetivo.

“Se alguém tentar se intrometer nos interesses fundamentais de nossa nação, nossas forças nucleares serão forçadas a realizar inesperadamente sua missão”, declarou Kim.

“Nossas Forças Armadas estão agora totalmente preparadas para qualquer tipo de guerra. Se quaisquer forças tentarem um confronto militar com a República Popular Democrática da Coreia, eles vão perecer.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Não se pode subestimar nada. A Rússia passou os últimos 20 anos desenvolvendo armas de ataque. Pra que? A Coréia do Norte é um País pobre, seu povo não conhece o mundo exterior. Com qual objetivo algum País teria interesse em invadir a Coréia do Norte? Lá não tem nada. Agora, comparando com a Coréia do Sul, País industrializado, rico, que produz bens consumidos por toda a humanidade, vemos um perigo claro. Armas nucleares ou não, de ataque, um dia dia serão usadas.

  2. Depois de meses de latrina fechada, o ditador sanquinário volta ao blefe q só engana os otários.
    A Coreia do Norte NUNCA teve artefatos nucleares. Isso é uma lorota q a esquerda vende e a China endossa.
    Mísseis balísticos são uma coisa, ogivas nucleares são outra.
    Ninguém jamais viu um único teste comprovadamente nuclear feito por esse país pré histórico.
    Esse blefe sempre vem seguido de alguma chantagem por alimentos ou minérios.
    Até às inspeções nucleares no pais foram foram feitas por quem? Pela China, óbvio.
    Como ele não pode dizer q isso é uma falácia, ele sempre aumenta o blefe.
    Durmam tranquilos, a Coreia do Norte NÃO TEM armamento nuclear e nenhum país, bem a China permitirá isso.
    A Coreia do Norte é apenas o cachorro bravo no portão sudeste da fronteira chinesa.
    Nada mais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.