Coronavírus: A OMS retira restrição ao ibuprofeno

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alterou o posicionamento e não está mais contraindicando medicamento com base de ibuprofeno para o tratamento do coronavírus.
-Publicidade-
Mohsen Atayi/Fars News Agency
Mohsen Atayi/Fars News Agency | Um leito de UTI com duas camas

O organismo internacional reviu o posicionamento de terça-feira e afirma que não há indícios de que o ibuprofeno seja contraindicado para o tratamento da covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alterou seu posicionamento e não está mais contraindicando medicamento com base em ibuprofeno para o tratamento do coronavírus.

-Publicidade-

Em uma postagem no Twitter, a OMS afirmou que não existe nenhum indício, fundamentado no que se sabe hoje, de que o uso seja contraindicado.

“Não temos conhecimento de nenhum efeito negativo do ibuprofeno, além daqueles já conhecidos e que limitam seu uso para algumas populações”, afirmou a OMS na postagem que segue abaixo:

Na última terça-feira, 17, a OMS havia contraindicado o ibuprofeno para casos suspeitos de coronavírus; deveria ser utilizado o paracetamol. A recomendação estava sendo seguida pelo Ministério da Saúde.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. OMS piada….a industria farmacêutica quebrou eles….impossível acreditar nessas organizações ligadas a ONU todas infiltradas juntamente com a imprensa no mundo…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.