Covid-19: Pfizer quer vacina em crianças a partir dos 5 anos de idade nos EUA

No fim de setembro, a farmacêutica enviou ao FDA um estudo com voluntários imunizados com essa faixa etária
-Publicidade-
Atualmente, imunizante da Pfizer é autorizado a partir dos 12 anos de idade
Atualmente, imunizante da Pfizer é autorizado a partir dos 12 anos de idade | Foto: Divulgação/Flickr

A Pfizer disse nesta quinta-feira, 7, que busca a autorização para o uso emergencial de sua vacina contra a covid-19 em crianças com idade entre 5 e 11 anos. O pedido é avaliado pela Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês), agência dos Estuado Unidos que é equivalente à brasileira Anvisa.

No fim do mês passado, a companhia farmacêutica enviou para o FDA dados de um estudo com voluntários sobre uso de seu imunizante nessa faixa etária. O ensaio incluiu 2.268 participantes que utilizaram duas doses do produto administradas com 21 dias de intervalo. Em cada aplicação, a dosagem foi de 10 microgramas — três vezes menor em comparação com a 30 microgramas que é utilizada em jovens com 12 anos, idade mínima determinada pelo órgão para fazer uso do produto.

O FDA agendou para o dia 26 de outubro uma reunião com objetivo de discutir a vacinação de crianças com idade entre 5 e 11 anos. Uma vez que o parecer do encontro for favorável à imunização nesse contingente populacional, um painel de consultores de vacinas do Centers for Disease Control and Prevention (CDC, sigla em inglês) deve se reunir para avaliar se recomenda o seu uso.

-Publicidade-

“Sabemos, por nossa vasta experiência com outras vacinas pediátricas, que as crianças não são adultos pequenos e faremos uma avaliação abrangente dos dados dos ensaios clínicos apresentados em apoio à segurança e eficácia da vacina usada em uma população pediátrica mais jovem, que pode precisar uma dosagem ou formulação diferente daquela usada em uma população pediátrica mais velha ou adultos “, disse a Dra. Janet Woodcock, Comissária em exercício da FDA.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Dá para entender essa loucura? A revista oeste pode nos informar se lá nos EUA a PFIZER também não se responsabiliza por efeitos adversos?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.