Desenvolvedor da vacina da Pfizer recomenda aplicação da terceira dose do imunizante

Eficácia do produto diminuiu depois de seis meses, afirma o cofundador da BioNTech
-Publicidade-
Terceira dosagem deve ocorrer entre nove e 12 meses depois da primeira
Terceira dosagem deve ocorrer entre nove e 12 meses depois da primeira | Foto: Divulgação/Pfizer

A vacina contra a covid-19 comercializada pela Pfizer precisa de uma terceira dose para manter seu nível de eficácia próximo a 100%. Depois de seis meses, esse número diminui de 95% para 91%, segundo Ugur Sahin, cofundador da BioNTech — laboratório que participou do desenvolvimento do imunizante.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na Edição 39 da Revista Oeste

-Publicidade-

A segunda dose da vacina é aplicada depois de três meses da primeira injeção. Sahin sugeriu que a terceira dosagem ocorra entre o nono e o décimo segundo mês a partir da primeira aplicação do imunizante.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site