Djokovic pede desculpas e admite erro em formulário de entrada na Austrália

Atleta disse que seu agente errou ao marcar a opção incorreta na declaração de viagem
-Publicidade-
Novak Djokovic | Foto: Tatiana/Flickr
Novak Djokovic | Foto: Tatiana/Flickr

O tenista sérvio Novak Djokovic divulgou nesta quarta-feira, 12, em suas redes sociais, um comunicado para esclarecer a polêmica sobre sua entrada em território australiano para participar do Aberto da Austrália.

Djokovic admite ter quebrado regras de isolamento após testar positivo para covid-19 e pede desculpas. Contudo, ele diz que há contínua desinformação sobre sua participação em eventos no mês de dezembro, antes de testar positivo para a covid.

Desculpas

-Publicidade-

“Esta é uma desinformação que precisa ser corrigida, particularmente no interesse de aliviar a preocupação mais ampla da comunidade sobre minha presença na Austrália e abordar assuntos que são muito dolorosos e preocupantes para minha família”, informa a nota

Djokovic explicou que assistiu a um jogo de basquete em Belgrado em 14 dezembro, evento em que foram reportados casos de várias pessoas com teste positivo para covid-19. Mesmo sem ter sintomas, Djokovic diz que fez um teste rápido, que deu negativo e nos próximos dias continuou as testagens, que também deram negativas.

No entato, em 18 de dezembro, o tenista revelou que concedeu uma entrevista ao jornal francês L’Equipe mesmo com o teste positivo para a covid-19. Ele diz ter sido “um erro de julgamento e que o compromisso deveria ter sido remarcado”.

“Senti-me obrigado a dar a entrevista ao L’Equipe, pois não queria decepcionar o jornalista, mas me assegurei de me distanciar socialmente e usar uma máscara, exceto quando minha fotografia estava sendo tirada”, escreveu Djoko.

Declaração de viagem de Djokovic

Djokovic informa que o formulário de imigração foi preenchido por sua equipe de assessoria em seu nome e que houve um erro na ação. “Meu agente sinceramente pede desculpas pelo erro administrativo ao marcar a caixa incorreta sobre minha viagem anterior antes de vir para a Austrália”.

“Este foi um erro humano e certamente não deliberado. Nós estamos vivendo em tempos desafiadores em uma pandemia global e às vezes estes erros podem ocorrer”, informa o texto.

A nota finaliza dizendo que a equipe de Djokovic forneceu informações adicionais ao governo australiano para esclarecer o assunto e que o atleta não irá mais falar sobre o caso em respeito ao governo australiano, suas autoridades e ao andamento do processo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

    1. Comentário bem típico de um esquerdopata doente e burro, pois desculpas ele já pediu. Mas obrigado pelo carinho de fazer o cadastro num site de gente honesta e trabalhadora. Volte sempre!

    2. Quanta pobreza de espírito é essa de comemorar uma simples situação como se fosse um título da copa do mundo pqp, não é atoa que o esquerdismo é considerado uma doença!

      Vai se tratar doente!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.