-Publicidade-

Economia chinesa cresce no primeiro bimestre

Indicadores de atividade produtiva cresceram acima de 30% ao ano
O secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping
O secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping | Foto: Reprodução/Flickr

A atividade econômica da China cresceu no primeiro bimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2020. É o que informou o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, 15. Conforme o órgão, a produção industrial avançou 35,1% em janeiro e fevereiro, se cotejada à do ano anterior — previa-se, inicialmente, aumento de 30,5%. Outro importante indicador da China, as vendas no varejo subiram 33,8% nos dois primeiros meses do ano, acima dos 31,3% esperados por economistas do NBS. Além disso, os investimentos em ativos fixos nos primeiro bimestre também cresceram 35,0% em relação ao ano anterior. O departamento de estatísticas divulga os dados somados de janeiro e fevereiro como forma de reduzir a distorção causada pelo feriado de Ano Novo Lunar, que dura uma semana e abrange comumente vários dias de fevereiro.

Leia também: “China não aceita críticas do G7 sobre restrições à democracia em Hong Kong”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.