Economia do Chile desacelera

Dados foram divulgados pelo Banco Central do país
-Publicidade-
O BC é autor do Imacec
O BC é autor do Imacec | Foto: Reprodução/Flickr

O Índice Mensal de Atividade Econômica (Imacec) registrou a desaceleração da economia do Chile em fevereiro. O indicador expandiu 6,8%. Esse resultado é 2,8 pontos porcentuais a menos em relação ao mês anterior. Além disso, é 14,1 pontos porcentuais menor em comparação com o pico dos últimos 12 meses: 21,1%, registrado em junho.

“O resultado do Imacec foi explicado pelo aumento das atividades de serviços”, afirma o Banco Central (BC) do Chile. “O comércio também contribuiu positivamente para o resultado do mês, enquanto a produção de bens recuou, influenciada principalmente pela mineração.”

Contudo, depois dos ajustes para atenuar os efeitos sazonais, o indicador mostrou que o comércio retraiu 0,5% e o setor de serviços encolheu 1,2%.

-Publicidade-

De acordo com o BC, a produção de bens caiu 4,5%, e o “resultado é explicado” pela queda de 6,4% no setor de mineração e a redução de 2,6% na indústria de transformação. Excluindo as variações sazonais, a indústria de bens diminuiu 0,5%.

“Considerando os desafios que a crise sanitária impôs à coleta de dados básicos, o Banco Central do Chile fez esforços adicionais com seus provedores de informação para minimizar o impacto na qualidade das estatísticas”, afirma o BC em nota. “No entanto, é importante ressaltar que os números fornecidos nesta ocasião poderão sofrer revisões maiores do que as historicamente registradas, as quais serão divulgadas de acordo com o calendário de publicações e revisões das contas nacionais disponível no site institucional.”

Leia também: “América vermelha”, reportagem de Gabriel de Arruda Castro e Silvio Navarro para a Edição 92 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. PARABÉNS, CHILE!
    ESTOU FELIZ POR VCS!
    Não era isso o que vcs queriam elegendo um comunista abissal e degenerado para presidente?

    Redução da atividade econômica, deterioração educacional e familiar, banalização das drogas, fim da propriedade privada…

    O Chile deve estar em clima de festa!

    Mas aqui no Brasil não, obrigado.
    O Brasil é CONSERVADOR e não é mais enganado pela lorota comunista.

    Aqui, vamos reeleger Bolsonaro, o melhor presidente da história do Brasil.

  2. Pontapé inicial da derrocada comunista no Chile, o que me chama mais atenção é que foi democraticamente eleito. A vida é sempre assim enquanto uns choram outros vendem lenços

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.