Em dia violento no Líbano, Hezbollah deixa seis mortos e 30 feridos

País terá um dia de luto na sexta-feira 15 por causa dos ataques
-Publicidade-
Beirute, capital do Líbano, viveu dia violento com manifestações do Hezbollah
Beirute, capital do Líbano, viveu dia violento com manifestações do Hezbollah | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Pelo menos seis pessoas morreram e cerca de 30 ficaram feridas durante uma manifestação dos grupos terroristas islâmicos Hezbollah e Amal em Beirute, no Líbano, nesta quinta-feira, 14. Segundo informações da agência Reuters, uma das vítimas é uma mulher atingida dentro da própria casa por um disparo.

De acordo com o Exército, manifestantes foram atacados quando passavam por uma área que divide os bairros cristãos e xiitas da cidade. Nove suspeitos foram presos.

Leia também: “Ataque com arco e flecha deixa mortos e feridos na Noruega”

-Publicidade-

Apoiados pelo Irã, o Hezbollah e o Amal afirmam que homens armados posicionados em telhados de casas atiraram contra os manifestantes. Os grupos atribuem às Forças Libanesas (LF) a responsabilidade pelo ataque. A LF, um partido cristão que possui laços com a Arábia Saudita, negou a autoria do ato.

Leia também: “Célula do Estado Islâmico em Cabul foi destruída, diz Talibã”

O primeiro-ministro do Líbano, Najib Mikati, anunciou que o país terá um dia de luto na sexta-feira 15 por causa dos ataques. O presidente libanês, Michel Aoun, fez um pronunciamento oficial em rede nacional de TV. “Não permitiremos que ninguém tome o país como refém de seus próprios interesses”, afirmou.

Leia também: “Governo brasileiro concede 80 vistos humanitários a afegãos”

Com informações da agência Reuters

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. essa é uma boa noticia, o dolar lá deve ter subido as alturas, apostoque o PSOL de lá, já quer qie o bolsonaro de la se demita, o paulo guedes de lá deve ter que ter criado uns 100 impostos pra dar absorvente as libanenses, e acredito que a aprosoja de lá deve estar pegando fogo por que matam os helssbolinenses de fome…
    que o Lula de lá entre pra concertar tudo isso, porque isso é uma peça teatral.
    viva o hellbolaz

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.