Em Hong Kong, polícia prende executivos de jornal pró-democracia

Ato ocorreu com base em lei de segurança aprovada pelo Partido Comunista da China
-Publicidade-
Jornalistas do Apple Daily sendo presos hoje | Foto: Divulgação/Apple Daily
Jornalistas do Apple Daily sendo presos hoje | Foto: Divulgação/Apple Daily

Cinco executivos do jornal pró-democracia Apple Daily foram presos nesta quinta-feira, 17, pela polícia de Hong Kong, incluindo o editor-chefe. O periódico transmitiu a operação ao vivo em sua conta no Facebook. As imagens mostraram os policiais interditando o complexo e entrando no prédio. Conforme a Justiça, os jornalistas conspiraram com um país estrangeiro para trair sua própria nação. Trata-se do segundo ato dos agentes no local, que prenderam o dono do jornal, Jimmy Lai, no ano passado, sob a mesma acusação.

Os profissionais levados ao cárcere na manhã de hoje foram enquadrados na nova lei de segurança, promulgada pelo Partido Comunista da China (PCC), em junho no ano passado. De acordo com a ditadura, a medida visa reprimir o separatismo, o terrorismo, a subversão e o conluio com forças estrangeiras. À época, a oposição de Hong Kong denunciou que se tratava de uma forma de calar os democratas, que denunciavam a organismos internacionais violações de direitos humanos cometidos pelo PCC no território independente.

-Publicidade-

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Onde estão hoje os jornais e mídias que comemoravam a independência de Hong-Kong da coroa britânica. À época eu comentava: Hong-Kong ainda vai sentir saudades de ser colônia britânica! Não demorou nada. Parabéns a todos que contribuíram para a “independência” de Hong-Kong e jogaram o país no colo do capeta.

  2. Não sei porque a China se vangloria de prender jornalistas. Aqui no Brasil o nosso grande STF também prende. O Alexandre de Moraes vai reivindicar em Haia o título de prendedor de jornalistas e deputados. O PCCch vai ficar para trás.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site