Em missa vazia, papa pede solidariedade

"Este não é tempo para egoísmos, pois o desafio que enfrentamos nos une a todos e não faz distinção de pessoas", disse o Papa
-Publicidade-
O Papa Francisco durante a missa de Páscoa
Foto: VaticanNews
O Papa Francisco durante a missa de Páscoa Foto: VaticanNews | O Papa Francisco durante a missa de Páscoa

Francisco rezou pelos profissionais de saúde e pediu que as pessoas ajudem aqueles que mais precisam

O Papa Francisco durante a missa de Páscoa
O papa Francisco durante a missa de Páscoa
Foto: VaticanNews
-Publicidade-

A tradicional missa do domingo de Páscoa foi celebrada sem a presença de fiéis no Vaticano. Na cerimônia, o papa Francisco pediu solidariedade no combate ao coronavírus e o cessar-fogo imediato de todos os conflitos no mundo.

O Santo Padre também agradeceu aos profissionais de saúde e àqueles que prestam serviços essenciais, que garantem os serviços e produtos necessários em meio à pandemia do coronavírus.

O papa apelou para que não faltem produtos para aqueles que mais precisam, como refugiados e desabrigados. “Este não é tempo para egoísmos, pois o desafio que enfrentamos nos une a todos e não faz distinção entre pessoas”, afirmou Francisco durante a bênção Urbi et Orbi, para a cidade e o mundo.

“Palavras como indiferença, egoísmo, divisão, esquecimento não são as que queremos ouvir neste tempo. Mais: queremos bani-las de todos os tempos! Essas palavras prevalecem quando em nós vencem o medo e a morte, isto é, quando não deixamos o Senhor Jesus vencer em nosso coração e em nossa vida. Que ele, que já derrotou a morte abrindo-nos a senda da salvação eterna, dissipe as trevas de nossa pobre humanidade e introduza-nos em seu dia glorioso, que não conhece ocaso”, concluiu o líder da Igreja Católica.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. O Partido Novo está querendo devolver para a União a sua parte do Fundo Partidário e não consegue. Um Mandado de Segurança, em qualquer outro País, resolveria. Mas aquí …………

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site