EUA já retiraram mais de 80 mil pessoas do Afeganistão

Segundo a Casa Branca, a saída das tropas norte-americanas passará a ser priorizada
-Publicidade-
Soldado norte-americano carrega um garotinho afegão
Soldado norte-americano carrega um garotinho afegão | Foto: Reprodução/Twitter

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira, 25, que mais 19 mil pessoas deixaram o Afeganistão no dia anterior. Com isso, aumentou para 82,3 mil o número de cidadãos que Washington ajudou a retirar do país asiático desde 15 de agosto, quando a escalada de violência do Talibã atingiu níveis catastróficos.

Em comunicado, a Casa Branca informa que dará prioridade à saída de suas tropas do Afeganistão, mas assegura que continuará a retirar os cidadãos e colaboradores afegãos.

“Começaremos a priorizar a partida de equipamentos e recursos militares”, disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby. “Isso não significa que, se houver pessoas necessitadas de sair do país, não tentaremos levá-las. Contudo, reservaremos uma parte dessa capacidade nos últimos dias, para dar prioridade à saída da presença militar.”

-Publicidade-

Conforme noticiou Oeste, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, desistiu de manter as Forças Armadas norte-americanas no Afeganistão além do prazo de 31 de agosto. A decisão foi tomada depois de uma conversa com aliados do G7, grupo dos sete países mais ricos do mundo.

Leia também: “Biden sofre derrota e ‘STF dos EUA’ determina volta da política de imigração de Trump”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro