Revista Oeste - Eleições 2022

EUA vão responder ‘rapidamente’ se Coreia do Norte fizer testes nucleares

Pyongyang multiplicou os lançamentos de mísseis balísticos, incluindo os intercontinentais
-Publicidade-
A Coreia do Norte segue fazendo seus testes de mísseis balísticos
A Coreia do Norte segue fazendo seus testes de mísseis balísticos | Foto: Reprodução

Os Estados Unidos vão responder “rapidamente” se a Coreia do Norte realizar testes nucleares. O aviso foi dado pelo secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, na segunda-feira 13.

“Estamos muito vigilantes. Temos contato muito próximo com aliados, como a Coreia do Sul, o Japão e outros, para que possamos responder rapidamente”, disse Blinken, em entrevista coletiva com o chanceler sul-coreano, Park Jin, na sede do Departamento de Estado, em Washington.

O secretário ainda convidou Pyongyang a comparecer à mesa de negociações. “Instamos a Coreia do Norte a se abster de atividades desestabilizadoras. Pedimos que adote uma diplomacia séria e ininterrupta”, declarou, enquanto Park Jin disse estar convencido de que o regime de Kim Jong-Un “concluiu os seus preparativos para outro teste nuclear”.

-Publicidade-

Desde o início deste ano, Pyongyang encenou um volume recorde de testes de mísseis. Foram 18 em 23 semanas, elevando as tensões na península para níveis não vistos desde 2017.

Os Estados Unidos propuseram uma resolução ao Conselho de Segurança em maio, para aumentar as sanções internacionais contra a Coreia do Norte sobre os seus lançamentos de mísseis, mas China e Rússia usaram o poder de veto para impedir que o projeto avançasse.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.