Ex-funcionária vaza documentos e acusa Facebook de enganar investidores e o público

Executiva depõe hoje no Congresso dos EUA
-Publicidade-
Executiva vazou documentos internos da empresa
Executiva vazou documentos internos da empresa | Foto: Reprodução/Pexels

Frances Haugen, ex-gerente de produtos do Facebook, presta depoimento nesta terça-feira, 5, no Congresso Nacional dos Estados Unidos. A executiva vai falar sobre denúncias que fez contra a empresa. Segundo Frances, a big tech engana seus usuários e investidores. “O Facebook põe os lucros acima da segurança dos clientes”, disse Frances, em entrevista ao programa 60 Minutes, da emissora CBS, no sábado 2, ao mencionar que vazou documentos internos da plataforma ao Wall Street Journal que comprovam suas afirmações.

A papelada supostamente evidencia que o Facebook mentiu ao público ao garantir que combate discursos de ódio, incitação à violência e à desinformação. Contudo, a big tech desmontou a “equipe de integridade cívica” (responsável pelo enfrentamento de notícias falsas na rede social) depois da eleição norte-americana de 2020, segundo Frances. Dessa forma, a plataforma teria contribuído para a invasão do Capitólio. Além disso, a rede social supostamente mentiu para investidores ao assegurar que remove publicações “danosas.”

Entre outras revelações, Frances sustenta que o Facebook sabia que o Instagram piora problemas emocionais de seus usuários, sobretudo de adolescentes. Mesmo assim, não tomou providências.

-Publicidade-

Leia também: “Os novos senhores do mundo”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 43 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.