-Publicidade-

Governo dos EUA anuncia ajuda para o Amazonas

Iniciativa liderada pelo país norte-americano já destinou R$ 1,6 milhão para a construção de usinas de oxigênio, garante embaixada
Segundo representação diplomática, o montante será destinado à construção de usinas para a produção de oxigênio
Segundo representação diplomática, o montante será destinado à construção de usinas para a produção de oxigênio | Foto: Divulgação/Flickr

O Estado do Amazonas (AM) receberá nos próximos dias equipamentos hospitalares vindos dos Estados Unidos. Hoje, hospitais do AM carecem de cilindros de oxigênio e demais itens usados no enfrentamento à covid-19. A iniciativa provém do governo estrangeiro, conforme nota publicada no site da embaixada do país no Brasil, na quinta-feira 28, e divulgada nas redes sociais. Segundo o documento, o “Juntos Pelo Amazonas”, movimento capitaneado pelo país norte-americano, já arrecadou R$ 300 mil em doações diretas da iniciativa privada e de pessoas físicas.

Também a representação diplomática garante que os EUA destinaram R$ 1,6 milhão ao programa Unidos Contra a Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz. O montante será usado com a finalidade de construir usinas de produção de oxigênio — em falta nos hospitais de Manaus. Além disso, o governo dos EUA anunciou o envio de equipamentos hospitalares para os profissionais de saúde, como luvas e máscaras. Ainda segundo a embaixada, já foram doaram US$ 2 milhões (R$ 10 milhões) em fundos à saúde para apoio imediato a comunidades vulneráveis no Amazonas.

Leia também: “Índia priorizou Brasil no fornecimento de vacinas, informa cônsul-geral”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Como é ? Se eles querem ajudar, precisam contatar o presidente do Brasil, eles estao agindo como dono do Amazonas, ja dizendo o que vao fazer, construir usinas de oxigenios, ta errado, o Amazonas nao é um pais isolado do pais, e o governador esta sendo investigado a tempos

  2. O problema da saúde no Amazonas não é financeiro. Parece um sumidouro de dinheiro aquele lugar. O País que quer manter boas relações e ajudar deveria contatar o presidente para negociações e não encher as mãos dos corruptos de dinheiro. Mas já sabemos os planos.

  3. Quantos concentradores de oxigênio poderiam ter sido instalados em hospitais de Manaus com o valor investido no estádio daquela cidade para a Copa? Em pleno século XXI os hospitais de Manaus ainda dependem de cilindros de oxigênio enquanto o belo elefante branco segue as moscas.Êta país de merda!

  4. Óbvio que o “grande reset” já está em curso. E a amazónia é de total interesse estrangeiro. Nessa hora me deixa indignado a política do pacifismo brasileiro. Se quisermos ter soberania de verdade, só com o Brasil tendo sua própria ogiva termonuclear.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês