Invasão do Congresso dos EUA: manifestação acaba em morte

É o que informa a emissora de TV norte-americana NBC
-Publicidade-
Capitólio dos Estados Unidos foi invadido nesta quarta-feira, 6
Capitólio dos Estados Unidos foi invadido nesta quarta-feira, 6 | Foto: Reprodução/Instagram

Uma mulher baleada no interior do Congresso dos Estados Unidos não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta quarta-feira, 6, informa a emissora de TV norte-americana NBC. De acordo com o canal televisivo, a morte foi confirmada por autoridades locais.

Leia mais: “Dia caótico nos EUA: invasão histórica do Congresso eleva tensão política”

Anteriormente, policiais de Washington, a capital dos Estados Unidos, tinham confirmado que uma mulher havia sido baleada e encaminhada a um hospital da região. Os policiais não divulgaram a identidade da mulher ferida nem confirmaram se foi ela quem morreu.

-Publicidade-

Vídeo divulgado por usuário do Twitter e registrado pelo site de Oeste mostra justamente uma mulher ferida dentro do prédio do Capitólio, onde funciona o Poder Legislativo dos Estados Unidos e que foi invadido na tarde de hoje por centenas de manifestantes — minutos após a sessão para análise do resultado do Colégio Eleitoral ter tido início entre deputados e senadores norte-americanos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Não entendo esses colegas que ao anunciarem a morte de alguém escrevem ou dizem “não resistiu aos ferimentos e morreu…”, basta escrever “uma mulher foi baleada no interior de (…) e morreu na noite de…
    É mais ou menos a mesma coisa da TV quando se trata de algum criminoso: “a polícia procura pelos suspeitos…”, “o suspeito está foragido..” Tem até quem escreva ou diga “os suspeitos atiraram..” Onde esse povo aprendeu português e redação jornalística?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.