Irã proíbe quase 600 cidadãos de concorrer à Presidência

Entre os nomes rejeitados, figuram o ex-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, o vice-presidente Eshaq Yahanguiri e Ali Larijani, que presidiu o Parlamento
-Publicidade-
O chefe do Judiciário do Irã, Ebrahim Raisi
O chefe do Judiciário do Irã, Ebrahim Raisi | Foto: Reprodução/Agência Irna

Foram aprovados apenas sete dos quase 600 inscritos para concorrer à Presidência do Irã. A lista oficial foi divulgada na terça-feira 25. O pleito está marcado para ocorrer em 18 de junho e os candidatos ao cargo têm de passar pelo crivo do Conselho de Guardiães da Constituição — órgão controlado pelo aiatolá Ali Khamenei, que ocupa o cargo de líder supremo do país. Entre os nomes rejeitados, figuram o ex-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, o vice-presidente Eshaq Yahanguiri e Ali Larijani, que presidiu o Parlamento.

Leia também: “Como era o Irã antes da revolução islâmica?”

A relação dos aprovados é composta de dois reformistas (Abdolnaser Hemmati, presidente do Banco Central, e o ex-vice-presidente Mohsen Mehralizadeh) e cinco conservadores (Ebrahim Raisi, chefe do Judiciário; Said Yalili, ex-secretário-geral do Conselho Supremo de Segurança Nacional; Mohsen Rezai, ex-comandante-chefe dos Guardiães da Revolução; e os deputados Alireza Zakani e Amirhossein Ghazizadeh-Hashemi).

-Publicidade-

“Nunca vi tantas críticas, da extrema direita à extrema esquerda, ao Conselho de Guardiães por desqualificar, ou oprimir, esse ou aquele”, comentou Mostafa Faghihi, um jornalista reformista.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.