Israel anuncia uso ‘massivo’ das forças de segurança; em Gaza, 83 mortos

Além dos ataques na Faixa de Gaza, há uma série de conflitos entre palestinos e policiais israelenses em cidades habitadas por judeus e árabes
-Publicidade-
Mais de 1,6 mil foguetes foram lançados pelo Hamas contra Israel
Mais de 1,6 mil foguetes foram lançados pelo Hamas contra Israel | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em meio ao agravamento dos conflitos entre as forças de segurança de Israel e o grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza, o ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, anunciou nesta quinta-feira, 13, o uso “massivo” das tropas do país para conter a violência dos radicais islâmicos na região.

“Estamos em uma situação de emergência e agora é necessário reforçar maciçamente as forças no terreno”, afirmou Gantz. Segundo ele, o governo de Israel convocará oficiais da reserva da guarda fronteiriça, que normalmente atuam na Cisjordânia.

Leia mais: “Israel mata chefe militar do Hamas”

-Publicidade-

A escalada da violência nos últimos acontece em duas frentes: além da Faixa de Gaza, há uma série de conflitos entre palestinos e policiais israelenses em cidades habitadas por judeus e árabes.

Leia também: “Trump defende Israel e acusa Biden de ‘fraqueza’”

Segundo o Ministério da Saúde da Faixa de Gaza, governada pelo Hamas, o número de mortos na região subiu para 83. Entre as vítimas, estariam 17 crianças e jovens. Os ataques também teriam deixado 487 feridos. Até o momento, a estimativa é que mais de 1,6 mil foguetes tenham sido lançados pelo Hamas contra o território israelense.

Leia também: “Bolsonaro sai em defesa de Israel e condena ataque a judeus”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro