Israel decide fechar fronteiras para evitar nova variante

Governo israelense também proibiu viagens para países incluídos na chamada 'lista vermelha'
-Publicidade-
Israel fecha fronteiras e recomenda que seus cidadãos não viajem para vários países da África
Israel fecha fronteiras e recomenda que seus cidadãos não viajem para vários países da África | Foto: Divulgação/Flickr

O governo de Israel anunciou neste domingo, 28, que fechará as fronteiras do país. A medida é uma precaução para evitar a disseminação da variante sul-africana do coronavírus, a Ômicron.

Neste fim de semana, o país confirmou ter registrado um único caso de contaminação pela nova cepa (um viajante que retornou do Malauí), além de sete casos suspeitos.

Segundo o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, o fechamento das fronteiras duraria pelo menos 14 dias. A medida ainda precisa ser aprovada pelo Parlamento.

-Publicidade-

Além da proibição total à entrada de estrangeiros, Israel determinou que os cidadãos totalmente vacinados contra a covid-19 que desejem retornar ao país deverão ficar em isolamento por 72 horas depois da chegada — eles também terão de ser submetidos a dois testes de detecção do coronavírus nesse período. Já aqueles que ainda não completaram o ciclo vacinal terão de cumprir 14 dias de quarentena.

Pelo que se sabe até o momento, a variante sul-africana, apesar de aparentemente mais contagiosa, provoca sintomas leves da covid-19 na grande maioria dos casos. Na África do Sul, em geral, os infectados se queixaram de fadiga, dores musculares e de cabeça, tosse seca e irritação na garganta.

A variante foi descoberta por Angelique Coetzee, presidente da Associação Médica da África do Sul, que disse à agência de notícias France-Presse que grande parte dos pacientes atendidos está se recuperando bem e não precisou de internação.

Lista vermelha

O governo israelense também proibiu viagens para países incluídos na chamada “lista vermelha” — considerados de alto risco para a variante Ômicron. São eles:

  • África do Sul
  • Angola
  • Benin
  • Botsuana
  • Burkina Faso
  • Burundi
  • Camarões
  • Cabo Verde
  • Chade
  • República Democrática do Congo
  • Djibouti
  • Guiné Equatorial
  • Eritreia
  • Eswatini
  • Etiópia
  • Gâmbia
  • Gana
  • Guiné
  • Guiná Bissau
  • Costa do Marfim
  • Quênia
  • Lesoto
  • Libéria
  • Madagascar
  • Malauí
  • Mali
  • Mauritânia
  • Ilhas Maurício
  • Moçambique
  • Namíbia
  • Níger
  • Nigéria
  • Ilhas Reunião
  • Ruanda
  • Santa Helena
  • São Tomé e Príncipe
  • Senegal
  • Seychelles
  • Serra Leoa
  • Somália
  • Sudão do Sul
  • Tanzânia
  • Ilhas Comores
  • Togo
  • Uganda
  • Zâmbia
  • Zimbábue
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.