Israel planeja vacinar bebês contra a covid-19 em abril

Desta vez, o público-alvo seria formado por crianças entre 6 meses e 5 anos de idade
-Publicidade-
Vacinação de bebês é o próximo passo a ser dado pelo Ministério da Saúde de Israel
Vacinação de bebês é o próximo passo a ser dado pelo Ministério da Saúde de Israel | Foto: CDC

Informações publicadas neste domingo, 16, pelo jornal The Times of Israel, dão conta de que o país já se prepara para uma nova etapa de sua campanha de vacinação contra a covid-19. Desta vez, o público-alvo seria formado por bebês e crianças abaixo de 5 anos de idade.

A Pfizer vem realizando estudos clínicos com o objetivo de obter a liberação das agências regulatórias internacionais para a vacina a partir dos 6 meses de idade. A expectativa da farmacêutica é que isso ocorra até março.

A intenção do governo israelense, que já vem mantendo contato com a empresa, é adquirir as vacinas e começar a aplicá-las já a partir de abril.

-Publicidade-

“Em Israel, as vacinas estão disponíveis agora para todos com 5 anos ou mais. Acredito que até abril isso será expandido para qualquer idade acima de 6 meses”, afirmou o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Saúde, Asher Shalmon, ao jornal israelense.

Em dezembro, a farmacêutica norte-americana informou que, nos testes desenvolvidos até aqui com crianças entre 6 meses e 5 anos, “nenhuma preocupação de segurança foi identificada” e que a vacina “demonstrou um perfil de segurança favorável”.

Segundo dados preliminares desses estudos, os melhores resultados foram observados quando são aplicadas três minidoses de 3 microgramas cada — quantidade dez vezes menor do que a das doses para pessoas acima de 12 anos e três vezes menor do que a aplicada em crianças entre 5 e 11 anos.

O epidemiologista Nadav Davidovitch, conselheiro do governo israelense para medidas relacionadas ao enfrentamento da pandemia, confirmou que a intenção do país é iniciar a vacinação das crianças pequenas ainda no primeiro semestre deste ano.

“As crianças costumam ficar muito menos doentes do que os adultos, mas podem ter a síndrome multissistêmica inflamatória pediátrica, um efeito colateral da covid-19“, explicou. “Também há o risco da chamada covid longa. É por isso que as vacinas são importantes e que haverá imunização das crianças menores de 5anos em Israel”, completou Davidovitch.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. O inimigos devem estar exultantes! O Socialismo dominou Israel.
    É o verdadeiro cavalo de Tróia, que vai devastar esta pequena grande nação.
    Triste!

  2. Pode parecer teoria da conspiração, mas arrisco dizer que nossas crianças estão sendo esterilizadas…..e quando saberemos disso? Daqui décadas, ou seja, tá longe……bem longe pra pensar nisso agora. Imagine então alguém levantar a hipótese ou provar a causa? Acredito que seria decapitado em praça pública viu…crime que até lá pode ser normalizado e aceito pela sociedade. Se várias crianças estão morrendo de infarto, mal súbito, etc, e a “ciência” não está vendo que existe um padrão, quem dirá daqui algumas décadas. Espero estar errada, realmente espero.

  3. Israel sucumbiu a NOM ! Que ABSURDO! Vassassinas experimentais injetadas em quem realmente NÃO PRECISA!! Até onde vai a ignorância humana???

  4. E ainda tem a coragem de dizer que a vacina é segura.
    Um fabricante que não assume responsabilidade pelos efeitos colaterais, que exige que o comprador assine um documento para isso.
    É loucura completa, tudo isso!!!

  5. Como sempre. Nunca será a saúde. Mas o dinheiro. O Estado de Israel é o ponta de lança da propaganda da vacina. Só queria saber quem são os donos da Pfizer.

      1. Pô! Os judeus estão botando pra lascar!
        E essa vacina já vem com bônus de circuncisão incluído?
        Sinceramente, não dá pra acreditar.
        Tão corretos em outras vezes mas agora….
        Só desejar boa sorte pra gurizada judia.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.