Justiça da Alemanha anula eleições de Berlim

Em virtude de uma série de falhas no processo eleitoral, haverá a realização de um novo pleito
-Publicidade-
Um novo pleito será realizado em Berlim
Um novo pleito será realizado em Berlim | Foto: Reprodução/Pexels

O Tribunal Constitucional da Alemanha anulou, nesta quarta-feira, 16, as mais recentes eleições de Berlim, realizadas em 26 de setembro de 2021. Em virtude de uma série de falhas no processo eleitoral, haverá a realização de um novo pleito.

“As eleições na Câmara dos Deputados e nas Assembleias Distritais são declaradas inválidas em toda a zona eleitoral”, anunciou Ludgera Selting, presidente da Corte, ao afirmar que houve “falhas sistemáticas na preparação das eleições”.

Novas eleições, com os mesmos candidatos, devem ser preparadas nos próximos 90 dias — provavelmente, em 12 de fevereiro. Atualmente, Berlim é comandada pela ex-ministra Franziska Giffey, que está à frente de uma coalizão formada por ambientalistas e extremistas de esquerda.

-Publicidade-

Os eleitores de Berlim foram chamados às urnas para eleger os deputados do Bundestag, formado por membros da Câmara dos Representantes e das Assembleias dos 12 distritos da cidade. Um referendo sobre a possível expropriação de grandes grupos imobiliários também está sendo realizado.

Berlim foi parcialmente paralisada em 26 de setembro por uma maratona que costuma reunir milhares de participantes. Muitos eleitores reclamaram que não puderam votar por causa desse problema. As diferentes votações também foram prejudicadas pela presença de cédulas erradas ou insuficientes.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. Parabéns ao Tribunal Alemão, lá sabemos que não há ninguém com rabo preso, como aqui na terra Tupiniquim onde, ao menos 9 desses picaretas de toga, se acham semi deuses, com a moral tão abalada, que não sei como se olham no espelho ou nos rostos de seus filhos e netos…mas tudo, um dia acaba.

  2. Kkk… Talvez neste momento ele esteja degustando um saboroso pão com meia fatia de mortadela, quase transparente. Mas isso é só até a picanha chegar.

  3. Kkk… Talvez neste momento ele esteja degustando um saboroso pão com meia fatia de mortadela, quase transparente. Mas isso é só até a picanha chegar.

  4. O segundo turno cancelado das eleições presidenciais de 2016 na Áustria também vale a pena mencionar. O motivo do cancelamento foi um procedimento incorreto para desempacotar parte do voto por correspondência. Alguns boletins de voto foram abertos antes do prazo final para a contagem e na presença de pessoas que não eram membros da comissão eleitoral. Embora não houvesse indicação de que os votos emitidos tivessem sido adulterados, o fato de que tal adulteração poderia ter ocorrido devido à abertura incorreta dos envelopes era suficiente para anular o segundo turno da votação. Tendo em vista o cancelamento do segundo turno, Van der Bellen não assumiu a presidência, mas os poderes do presidente foram transferidos para a presidência de três membros do Conselho Nacional Austríaco, enquanto se aguardava uma reeleição.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.