Loja da Louis Vuitton é saqueada nos Estados Unidos; assista ao vídeo

Foram roubados aproximadamente R$ 560 mil em mercadorias
-Publicidade-
Assalto na Louis Vuitton | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Assalto na Louis Vuitton | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma loja da grife Louis Vuitton foi saqueada no subúrbio de Chicago, nos Estados Unidos, na quarta-feira 17. Ao menos 14 pessoas estiveram envolvidas no crime, que durou poucos minutos, informaram as autoridades locais.

Na sexta-feira 19, imagens do ataque foram divulgadas pela polícia (vídeos abaixo). Foram roubados cerca de U$ 100 mil (aproximadamente de R$ 560 mil) em mercadorias. Ninguém se feriu.

-Publicidade-

Uma gravação do sistema de segurança mostra o momento exato em que um grupo invadiu e começou a levar bolsas e outros artigos de luxo. Nas imagens, é possível observar ao menos 10 participantes no assalto.

Agentes da polícia de Chicago abriram uma investigação e pediram a colaboração de moradores da região para tentar identificar os envolvidos. Até agora, ninguém foi preso.

“Assim que entraram na loja, tiraram os sacos de lixo de seus casacos e começaram a enchê-los de mercadorias”, disse o chefe de polícia James Kruger.

Esta não é a única loja da Louis Vuitton que foi visada. Um crime semelhante aconteceu no mês passado, a cerca de 50 quilômetros dali.

“Não sabemos se há uma conexão ainda, mas certamente há semelhanças e nossos investigadores estão conversando com seus investigadores”, disse Kruger.

“O procurador-geral também está examinando essa investigação e se deve ou não vinculá-la a uma investigação em maior escala”, completou o chefe de polícia.

Império Arnault

A Louis Vuitton é apenas uma das 70 marcas do poderoso império do francês Arnault, a LVMH, que inclui ainda nomes como Sephora e a joalheria Tiffany’s.

Conforme mostrou Oeste em junho, Bernard Arnault, diretor-executivo do grupo LVMH, chegou a ser considerado o homem mais rico do mundo, segundo o ranking de bilionários da revista Forbes.

O dono do grupo, que reúne marcas de luxo, como Louis Vuitton e Dior, acumula fortuna estimada em cerca de US$ 190 bilhões.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Se fosse aqui, eles iriam se safar, em um país dominado por bandidos no judiciário, legislativo e pelo jeito até nas forças armadas, mas lá, Jajá está tudo preso

    1. Lá eles também se safam, com o pseudo-governo “democrata” do usurpador Biden e do desastre “democrata” em Chicago/Illinois – a criminalidade por lá é MUITO mais alta do que no Brasil.

  2. Bandidagem solta e cada vez mais perigosa e os cidadãos trancados dentro de casa aterrorizados pela mídia da c0vid, é mundial, e tem método!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.