Maduro e oposição devem iniciar negociações nos próximos dias

Conversas entre o ditador venezuelano e opositores do regime devem ter início no México, no dia 13, segundo agências internacionais
-Publicidade-
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, teria aceitado começar o diálogo com as forças de oposição ao regime
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, teria aceitado começar o diálogo com as forças de oposição ao regime | Foto: Reprodução/Fotos Públicas

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, aceitou abrir negociações políticas com adversários do regime, informam as agências internacionais. As conversas devem ser iniciadas no dia 13 de agosto, no México, de acordo com a Reuters.

O diálogo será mediado pelo próprio governo mexicano — comandado pelo socialista Andrés Manuel López Obrador, simpatizante de Maduro — e pela Noruega. Os noruegueses já estiveram à frente de tentativas anteriores de negociação entre as duas partes, que não foram bem sucedidas.

Maduro teria sinalizado estar disposto a negociar com a oposição desde que a pauta se concentre na suspensão das sanções impostas pelos Estados Unidos a ele próprio e outros membros do regime. Já o presidente autoproclamado Juan Guaidó quer obter garantias de que haverá eleições livres no país.

-Publicidade-

Leia mais: “Êxodo venezuelano até 2022 pode superar o da Síria”

O governo de Joe Biden nos EUA indicou que pode rever a política de sanções, mas exige contrapartidas de Maduro e compromissos de que será iniciado um processo de transição na Venezuela. A Casa Branca reconhece Guaidó como presidente do país sul-americano.

Leia também: “Salário-mínimo da Venezuela compra apenas 1% da cesta básica”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Lamento dizer mas esse encontro não dará em nada. A única coisa que Maduro quer é que a Inglaterra libere o ouro venezuelano depositado lá e por isso é que está simulando um “diálogo”. A ditadura esquerdista só sairá do governo venezuelano no dia que o povo tiver capacidade de tirá-lo de lá à força.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro