Merkel pressiona por ‘lockdown’ mais rígido na Alemanha

Maior economia da Europa está em confinamento parcial há seis semanas
-Publicidade-

A maior economia da Europa está em confinamento parcial há seis semanas

Merkel
Angela Merkel e equipe | Foto: Reprodução/Bundesregierung
-Publicidade-

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, defendeu nesta quarta-feira, 9, um lockdown mais completo no país, que incluiria o fechamento de lojas após o Natal.

Falando aos parlamentares, ela garantiu que as vacinas por si só não vão alterar significativamente o curso da pandemia no primeiro trimestre de 2021.

Leia mais: “União Europeia e Reino Unido anunciam acordo comercial”

A maior economia da Europa está em lockdown parcial há seis semanas, com bares e restaurantes fechados, mas lojas e escolas abertas.

“Seria bom levar a sério o que os cientistas estão nos dizendo”, disse ela, segundo a a agência Reuters.

No sistema federal alemão, o poder de impor restrições cabe aos governos regionais.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. Apenas mais uma demonstração do que a Gauleiter esquerdista Merkel, chanceler eterna da Alemanha, sempre quis fazer: ter aprovada uma nova edição do “Gesetz zur Behebung der Not von Volk und Reich”.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site