Militares garantem convocação de novas eleições em Mianmar 

“Nosso objetivo é realizar uma eleição e entregar o poder ao partido vencedor”, disse o general de brigada Zaw Min Tun, porta-voz da junta militar que assumiu o poder no país
-Publicidade-
No início de fevereiro, militares tomaram o poder em Mianmar
No início de fevereiro, militares tomaram o poder em Mianmar | Foto: Canva

A junta militar que governa Mianmar garantiu nesta terça-feira, 16, que vai realizar eleições e entregar o poder, de acordo com informações da agência Reuters. “Nosso objetivo é realizar uma eleição e entregar o poder ao partido vencedor”, disse o general de brigada Zaw Min Tun, porta-voz da junta militar que assumiu o poder em Mianmar, na primeira entrevista coletiva desde o golpe. No início deste mês, os militares tomaram o poder depois de prenderem a conselheira de Estado, Aung San Suu Kyi, e outros líderes do governo. O chefe do Exército, Min Aung Hlaing, declarou-se o novo comandante do país.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site