Morre o ‘maior proliferador nuclear de todos os tempos’

Abdul Qadeer Khan era considerado herói nacional do Paquistão
-Publicidade-
Abdul Qadeer Khan (Foto: reprodução PTV)
Abdul Qadeer Khan (Foto: reprodução PTV)

Morreu aos 85 anos o cientista Abdul Qadeer Khan, responsável pela transformação do Paquistão numa potência nuclear. A causa da morte foi a covid-19. Seu momento de glória aconteceu em 1998, quando os paquistaneses realizaram seu primeiro teste nuclear, logo depois de os rivais da Índia terem explodido sua primeira bomba atômica.

Em seguida, Abdul Qadeer Khan ganhou sua fama de “maior proliferador nuclear de todos os tempos” ao passar segredos da tecnologia para países como Irã, Líbia e Coreia do Norte. Até hoje, segundo a BBC, não se sabe se tomou essa atitude por dinheiro, ideologia ou ordens secretas do governo paquistanês. Em 2004, Abdul Khan foi preso por divulgar segredos tecnológicos. Permaneceu em prisão domiciliar até 2009. Segundo ele, não era certo que só alguns países tivessem armas nucleares, não todos.

Leia mais: “Paquistão inicia negociações de paz com braço do Talibã no país

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.