Na Escócia, estudante é processada por dizer que mulheres têm vagina

'As universidades estão menos preocupadas com o ensino superior e mais com a doutrinação dos alunos', afirma colunista da Revista Oeste
-Publicidade-
Lisa Keogh, 39, estuda direito na Escócia, e vem sofrendo pressões de extremistas de esquerda | Foto: Reprodução/Instagram
Lisa Keogh, 39, estuda direito na Escócia, e vem sofrendo pressões de extremistas de esquerda | Foto: Reprodução/Instagram

Lisa Keogh, estudante de direito na Universidade Abertay, em Dundee, na Escócia, responde a um processo disciplinar e possível expulsão do curso. O crime? Afirmou que mulheres têm vagina. Tudo começou em um seminário de “estudos de gênero e feminismo”, promovido pela instituição, no início de maio. Durante a palestra virtual, Keogh fez menção à genitália feminina e afirmou que os homens são fisicamente mais fortes. “Eu não pretendia ofender ninguém. Estava participando de um debate e apresentei minhas opiniões sinceras. Fui agredida e xingada por outros estudantes, que me disseram que eu era uma ‘típica garota branca e cis’”, declarou a jovem, em entrevista ao jornal The Times.

“A estupidez da linguagem neutra”

-Publicidade-

“Submeter uma aluna a processo disciplinar por comentários como esse faz pouco sentido do ponto de vista educacional. Ela disse algo falso? Supostamente, a universidade pode chamar os professores de biologia para arbitrar e, no processo, ensinar um pouco de ciência aos estudantes. Ou foi o fato de que ela disse algo não aceito pela doutrina progressista corrente?”, interpelou Joanna Williams, colunista do site Spiked, no mais recente artigo que publicou na Revista Oeste. “Qualquer professor digno do cargo teria usado os comentários de Keogh como oportunidade para ensinar”, acrescentou Williams. “As universidades estão menos preocupadas com o ensino superior e mais com a doutrinação dos alunos.”

Leia o artigo completo “Acreditar em sexo biológico se tornou crime” na Edição 62 da Revista Oeste

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site