-Publicidade-

Na Índia, incêndio atinge instituto que produz vacinas

Cinco pessoas morreram; mídia local informa que o estoque de imunizantes e a indústria onde eles são feitos estão em segurança
Brasil negocia com o país a aquisição de mercadorias
Brasil negocia com o país a aquisição de mercadorias | Foto: Divulgação/Twitter

Um edifício em construção na sede do Instituto Serum pegou fogo nesta quinta-feira, 21, em Pune, cidade indiana. Cinco pessoas morreram. A entidade é responsável pela produção do imunizante experimental contra a covid-19 desenvolvido pela Universidade de Oxford — o produto é financiado pela farmacêutica AstraZeneca. Apesar do ocorrido, o estoque de vacinas e a indústria onde elas são feitas estão em segurança, garantiu o jornal Times of India.

As chamas atingiram dois andares em uma planta em construção. Ainda não se sabe o que causou o incêndio, porém, as autoridades investigam o caso. A companhia é a maior vendedora de vacinas do planeta. Nela, são fabricadas, anualmente, 1,5 bilhão de unidades para várias doenças. Segundo o governo indiano, o evento não atrapalhará as exportações de mercadorias. O Brasil está em negociação para adquirir doses prontas da vacina da Oxford.

Leia também: “Vacina da Johnson & Johnson produz resposta imune”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês