Na pandemia, governos sofrem com digitalização precária

Estados Unidos e países da Europa tiveram problemas para prestar determinados serviços
-Publicidade-
Foto: CANVA
Foto: CANVA | chefe de relações públicas (2)

Estados Unidos e países da Europa tiveram problemas para prestar determinados serviços

digitalização de governos pelo mundo - pandemia
Foto: CANVA
-Publicidade-

A falta de políticas públicas em prol da digitalização de serviços afetou diversas nações durante a pandemia do vírus chinês. E se engana quem pensa que o problema digital ficou restrito a países em desenvolvimento. Reportagem publicada nesta semana pelo site da revista britânica The Economist mostra que locais dos Estados Unidos e dos europeus Reino Unido, França e Itália não conseguiram atender devidamente a população. Isso porque a burocracia em papel dita as regras em determinados governos.

Leia mais: “Investidores fazem aporte de R$ 10 bilhões em startups

A reportagem da Economist cita, por exemplo, os seguintes problemas em relação à falta da digitalização governamental:

  1. Informações dos usuários do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido constam apenas no cartão impresso;
  2. O Estado norte-americano da Flórida não conseguiu manter ativo sem quedas o site para pedidos de seguro-desemprego;
  3. Sem força no digital, o governo do Alabama (Estados Unidos) viu a formação de filas na retomada de determinadas atividades;
  4. O site do serviço de previdência social da Itália saiu do ar ao não suportar 300 mil solicitações no mesmo dia;
  5. Na França, o Poder Judiciário teve recesso forçado, pois os tribunais ficaram fechados de março a maio.
Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site