Nova Iorque suspende vacina obrigatória para atletas

Medida estava em vigor desde outubro
-Publicidade-
Kyrie Irving, uma das principais estrelas do Brooklyn Nets, estava afastado dos jogos por ter recusado a vacina anticovid
Kyrie Irving, uma das principais estrelas do Brooklyn Nets, estava afastado dos jogos por ter recusado a vacina anticovid | Foto: Divulgação

O jogador de basquete Kyrie Irving, astro do Brooklyn Nets, da NBA, e outros atletas não vacinados contra a covid-19 de equipes de Nova Iorque poderão voltar a competir na cidade.

O prefeito, Eric Adams, mudou as regras e suspendeu a obrigatoriedade da vacinação para os atletas de times de Nova Iorque. A normativa exigia a comprovação de ao menos uma dose da vacina para frequentar locais fechados, como ginásios esportivos.

Segundo o prefeito, a transmissão de covid em Nova Iorque está muito mais baixa agora, tornando possível a suspensão da medida.

-Publicidade-

Outras cidades dos Estados Unidos não tinham regras com essa, por isso o armador dos Nets podia participar dos jogos da equipe como visitante, mas não quando o time disputava os jogos em casa, o Barclays Center, no Brooklyn.

Irving, uma das principais estrelas do Brooklyn Nets, está afastado dos jogos do time em Nova Iorque desde a estreia da atual temporada da NBA — em 19 de outubro. O armador de 29 anos se recusou a receber a vacina contra a covid-19.

Na época, pelas redes sociais, Irving disse defender sua “liberdade individual”. O astro tem um contrato de US$ 40 milhões para participar da atual temporada da NBA.

O desabafo de Kyrie Irving

Em artigo publicado na Edição 83 da Revista Oeste, Ana Paula Henkel escreveu sobre o modo como o jogador de basquete Kyrie Irving, estrela do Brooklyn Nets, estava sendo hostilizado por setores da imprensa norte-americana em razão de uma escolha pessoal: não tomar a vacina contra a covid-19.

Forçar qualquer pessoa a se vacinar é ignorância, covardia ou canalhice

Em artigo publicado na Edição 82 da Revista Oeste, Guilherme Fiuza escreveu sobre o jogador de basquete Kyrie Irving, que foi afastado do seu time por se recusar a tomar a vacina contra a covid-19.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.