Revista Oeste - Eleições 2022

Nove Estados americanos proíbem o aborto após decisão da Suprema Corte

Medidas ocorreram logo depois de Justiça revogar legislação
-Publicidade-
Protestos ocorrem há algumas semanas pelo direito do aborto nos EUA | Foto: Reprodução/Twitter
Protestos ocorrem há algumas semanas pelo direito do aborto nos EUA | Foto: Reprodução/Twitter

Depois de a Suprema Corte Americana decidir na sexta-feira 24 revogar a legislação sobre o aborto após 49 anos de vigência, nove Estados do país já proibiram o procedimento. A previsão é de que nos próximos dias outros 12 sigam o mesmo caminho. Todos são governadores por membros do Partido Republicano.

O aborto já está proibido em: Kentucky, Louisiana, Dakota do Sul, Arkansas, Missouri, Oklahoma,  Alabama, Wisconsin e Utah.

Nos Estados Unidos, diferente do Brasil, a decisão da Suprema Corte não proíbe o aborto em todos os Estados. Cada um dos 50 governos estaduais precisam editar a norma.

-Publicidade-

Ainda nos próximos dias, mais 12 Estados podem proibir o aborto. São eles: Arizona, Carolina do Sul, Dakota do Norte, Florida, Georgia, Idaho, Mississipi, Ohio, Tennessee, Texas, Virginia Ocidental e Wyoming.

No total, 22 Estados podem proibir o procedimento, menos da metade dos governos estaduais. Isso abre uma oportunidade para quem quiser abortar buscar outro lugar para realizá-lo.

Em um comunicado interno enviado na sexta-feira 24, a Disney informou que vai bancar viagens de funcionárias que não desejam os fetos, caso a região de moradia proíba o procedimento. Outros gigantes do entretenimento devem seguir o mesmo caminho.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. kkkkk
    Nos EUA não se brinca não viu!
    Vai pensando que essa “manobra a lá cariocada” lá funciona.
    Você vai precisar MUDAR do ESTADO, pois se ficar grávida num estado que proibe, fazer uso dos serviços médicos, etc. e depois…ir pra outro estado abortar e VOLTAR….poderá responder a processo SIM.
    Lá não é aqui!

  2. A Disney hoje em dia quer “lacrar” e destruir a família, que um dia ela soube entreter. Lamentável. Eu, não vejo mais nada vindo dela, apenas os clássicos antigos.

    Sobre a proibição ao aborto, parabéns aos estados que adotaram a proibição. Tomara, os outros estados tb. façam o mesmo, mas duvido que o outrora ótimo estado, a Califórnia, proíba o aborto. Hoje, ele é o pior estado para se viver nos US. Muitos moradores de lá, os normais que não querem “modernismos”, estão se mudando para outros estados dos US.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.