Olimpíada de Tóquio tem a maior delegação brasileira de uma edição fora do país

De acordo com o Ministério da Cidadania, o governo federal investiu R$ 678 milhões em incentivos aos esportes entre 2016 e 2021
-Publicidade-
Anéis olímpicos na Baía de Tóquio
Anéis olímpicos na Baía de Tóquio | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Brasil preencheu 302 vagas. O número é o maior já registrado para uma delegação do país numa edição em território estrangeiro, superando o recorde anterior em Pequim, em 2008 (277). O dado aparece em um guia da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Lançada na terça-feira 20, a publicação reúne informações de cada atleta brasileiro que participará do evento neste ano — as primeiras disputas ocorreram nesta quarta-feira, 21.

O documento informa ainda o valor investido em incentivos aos esportes pelo governo federal entre 2016 (quando ocorreram os Jogos Olímpicos do Rio) e 2021: R$ 830 milhões — R$ 640 milhões por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, pelo Ministério da Cidadania, e R$ 190 milhões com o Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas.

Leia também: “Abraços e apertos de mão serão proibidos na Olimpíada”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site