OMS informa que vacinas contra a covid-19 precisam de atualização

Novos produtos têm de prevenir a transmissão comunitária, afirma o órgão
-Publicidade-
As vacinas atuais têm eficácia contra casos graves e mortes
As vacinas atuais têm eficácia contra casos graves e mortes | Foto: Reprodução/Unsplash

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que as vacinas contra a covid-19 precisam ser atualizadas. A declaração foi feita em um comunicado desta terça-feira, 11, em meio ao aumento de casos depois do surgimento da variante Ômicron.

O órgão destacou que a nova geração de imunizantes deve “ser baseada em cepas que são geneticamente a antigeneticamente próximas das variantes circulantes do Sars-CoV-2”.

Além disso, a OMS frisou que as novas vacinas contra a covid-19 precisam “diminuir a transmissão comunitária e a necessidade de medidas sociais e de saúde pública rigorosas e de amplo alcance”. As atuais têm eficácia contra casos graves e mortes.

-Publicidade-

Outro ponto desejado é provocar respostas imunes “amplas, fortes e duradouras”, para reduzir a necessidade de sucessivas doses de reforço. O grupo criado pelo órgão segue também fórmulas multivalentes para as novas vacinas contra a covid-19. Ou seja: que contenham antígenos de diferentes coronavírus  — “uma opção de longo prazo mais sustentável que seria efetivamente à prova de variantes”.

Novas vacinas contra a covid-19

A declaração da OMS ocorre um dia depois de o executivo-chefe da Pifzer, Albert Bourla, anunciar que empresa trabalha em uma nova vacina contra a covid-19, que seria resistente à variante Ômicron. Ele prevê que o produto esteja disponível em março.

A Moderna, outra companhia norte-americana, também estima uma atualização do imunizante a partir do segundo trimestre.

Aumento de casos em países com ampla vacinação

A variante Ômicon do coronavírus, apesar de menos letal que as demais, tem se mostrado mais transmissível. Países como Austrália e Reino Unido registraram aumento de contaminações, mesmo com ampla cobertura vacinal.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Bom, eles podem fazer quantas vacinas quiserem. Eu nunca tomarei.
    A massa de incautos ainda não entende que a Covid é o médio para instaurar uma tirania. Eles vão deixar tão malucas as pessoas que as pessoas vão se deixar fazer qualquer coisa. Lembrem. Vocês, a maioria vão ficar pelo resto de suas vidas com focinheira e vacinas continuamente. Assim a cada rodada de vacinas o gado vai ir caindo como gado de abate.
    É muito triste, mas a verdade é que a liberdade é um bem pelo que tem que lutar. Quando a massa não se interessa e aceita todo sem questionar, então por pura logica matemática vai ser escravizada.

  2. Depois que entrou a… gripe, a covid entra até as cepas mais espinhentas.

    Vejam só o tamanho da… enrascada que está diante da humanidade!

    E devo lembrar que a China está fazendo lockdowns que nem uma desesperada. Segundo as informações nunca confiáveis, devido a uns poucos casos em algumas dezenas de milhões de chineses. Acho bom todo mundo ir se preparando, porque isso sempre é um mau sinal.

  3. Não precisa de atualização não! Precisa de uma vacina que recebe e mereça a alcunha de “vacina”, ou seja, a “Vacina” que venha para acabar o com o contágio e transmissão. Apenas isso. Do contrário, continuarão sendo drogas experimentais, nada além disso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.