Otan rejeita adotar zona de exclusão aérea sobre a Ucrânia

O pedido foi feito pelo governo do país
-Publicidade-
Zonas de exclusão aérea são regiões estabelecidas em que as aeronaves são impedidas de voar
Zonas de exclusão aérea são regiões estabelecidas em que as aeronaves são impedidas de voar | Foto: Reprodução/Ukrinform

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) rejeitou a ideia de adotar uma zona de exclusão aérea sobre o território da Ucrânia, como havia pedido o governo local.

Zonas de exclusão aérea são regiões estabelecidas em que as aeronaves são impedidas de voar. No campo militar, funcionam para vigiar e impossibilitar ataques do agressor, e, em caso de violações, a ordem inclui o abate da aeronave que entra na área restrita.

A decisão foi tomada em encontro dos ministros das Relações Exteriores dos países que integram a aliança, nesta sexta-feira, 4, em Bruxelas, na Bélgica. A reunião foi organizada de forma extraordinária para discutir a crise no Leste Europeu.

-Publicidade-

O chefe da diplomacia da República Tcheca, Jan Lipavsky, disse que, ao adotar a zona de exclusão, a organização se colocaria dentro do conflito. “A Otan é uma organização defensiva, e temos que defender nossos membros. Essa é nossa tarefa”, afirmou o chanceler tcheco. Lipavsky ainda garantiu que a República Tcheca e outros Estados estão fornecendo armas para a Ucrânia, o que vai permitir que o próprio país aplique a zona de exclusão aérea.

Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores da Romênia, Bogdan Aurescu, disse que a Otan deve acelerar a criação do novo batalhão que está sendo mobilizado para o país, sob a liderança da França.

Já a chanceler do Canadá, Mélanie Joly, garantiu que deve ser feita uma grande pressão sobre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, porque é o “único meio de garantir que essa loucura pare”. A ministra, contudo, disse que a “linha vermelha” para o governo canadense é “assegurar que não se desencadeie um conflito internacional”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Esse Assassino colonialista Russo é completamente maluco, e, o próprios oligarcas e a alta cúpula das Forças Armadas Russas vão servir o “Pudin” de sobremesa

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.