Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA registram queda de 35 mil na semana

Ao todo, 310 mil norte-americanos solicitaram o benefício
-Publicidade-
35 mil norte-americanos deixaram de solicitar o auxílio-desemprego
35 mil norte-americanos deixaram de solicitar o auxílio-desemprego | Foto: Reprodução/Unsplash

O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu 35 mil na semana encerrada em 4 de setembro, a 310 mil, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, 9, pelo Departamento do Trabalho. O resultado ficou abaixo das expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Jornal, que previam 335 mil solicitações.

Conforme noticiou Oeste, o total da semana anterior foi revisado para cima, de 340 mil para 345 mil pedidos. O número de solicitações continuadas, por sua vez, apresentou recuo de 22 mil na semana encerrada em 28 de agosto, a 2,7 milhões. Esse indicador é divulgado com uma semana de atraso.

Trata-se do patamar mais baixo desde março de 2020, quando os estabelecimentos que prestam serviços essenciais foram proibidos de funcionar em decorrência das medidas restritivas contra a pandemia do novo coronavírus. Embora o número de solicitações tenha caído, a quantidade de beneficiários permanece acima da faixa de 200 mil a 250 mil, considerada adequada para um país com mercado de trabalho estável.

-Publicidade-

Leia também: “Criação de novas vagas de emprego desacelera nos EUA”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro